Arquiteto Japonês projeta vila cultural sustentável dentro de um parque

17 de novembro de 2017


Portland Japanese Garden (Jardim Japonês de Portland) foi projetado em 1963 e é considerado o jardim japonês mais bonito e autêntico fora do Japão.
O jardim é localizado no Washington Park, na cidade de Portland, EUA.
Após 3 anos de reformas, o local que já possuía 9,1 hectares de extensão, foi expandido por mais 3,4 hectares.
O responsável pela obra foi o arquiteto japonês Kengo Kuma.
Trabalhando junto com o curador do jardim, Sadafumi Uchiyama, eles criaram por lá uma nova vila cultural composta por três estruturas de telhados verdes.
A vila imita a tradição japonesa do “Monzenmachi“, uma cidade cercada por templos sagrados.
As três estruturas construídas são totalmente sustentáveis e integradas com a natureza.
O maior dos três edifícios, o centro de aprendizado de artes japonesas Jordan Schnitzer, conta com uma biblioteca, galeria, loja de presentes e sala de aula.
Tudo isso para que os visitantes consigam explorar da melhor maneira as artes e a cultura japonesa.
A segunda estrutura (uma casa jardim), oferece oficinas de horticultura, e a terceira construção é um café que serve como um lugar extra para relaxar, além de contar com uma vista sensacional.
Pensando na sustentabilidade, centenas de novas plantas foram plantadas e as novas áreas contam com telhados vivos que absorvem a água da chuva.
Para não sobrecarregar o sistema de esgoto, um canal de pedras conduz todo o desperdício para um tanque de retenção e o acúmulo é liberado lentamente para o esgoto.
Além disso, toda a vila é aquecida por energia geotérmica, aumentando a eficiência energética e reduzindo os custos.

Veja mais imagens:

Essa nova área já está aberta ao público. Você visitaria o local?

Se você apoia o desenvolvimento de mais construções sustentáveis, compartilhe!
Fonte: mymodernmet.com

0 comentários:

Postar um comentário