Dicas de plantas para ter dentro de casa

22 de agosto de 2014

 

O Antúrio é super conhecido por ser uma planta clássica decorativa já que suas flores são lindas e vistosas. Geralmente, essa planta é cultivada em vasos, porém, de uns tempos para cá, o Antúrio passou também a compor o paisagismo de jardins.
ADVERTISEMENT

Antúrio

Foto: divulgação
 
Para cultivar essa planta, é necessário que ela fique à meia sombra, sem ficar completamente exposta à luz do sol. Porém, ela também não pode ficar em ambientes escuros.

Begônia

Foto: divulgação
 
As begônias são muito semelhantes a buquês de flores, e são ótimas para decoração de interiores em vasos. Você encontra as begônicas em formas e cores variadas.
Para cultivá-las, você deve fazer um substrato bem fértil, em ambientes protegidos da luz do sol, da friagem e do vento. Você deve regá-las, mas não pode molhas suas folhas.

Jade

Foto: divulgação
 
A Jade é uma planta semelhante a uma mini árvore e demora para florescer, porém, vale muito a pena esperar, pois é muito linda.
Apesar de demorar a florescer, trata-se de uma planta muito fácil de ser cuidada, pois se adapta bem a qualquer solo que não seja muito úmido e deve receber luz direta do sol, pelo menos durante uma boa parte do dia.

Lírio da Paz

Foto: divulgação
 
O Lírio da Paz é uma das poucas plantas que podem florescer na sombra.
Mantenha-a sempre em solo úmido e bem adubado. Cuidado para não deixá-la exposta diretamente ao sol, pois o sol em excesso pode queimar suas folhas.

Palmeira Areca

Foto: divulgação
 
A Palmeira Areca é uma das palmeiras mais populares que existem e combina com qualquer tipo de jardim, cerca-viva e pode ser cultivada também em vasos ou em ambientes fechados.
É uma planta que deve ser regada regularmente e não pode ficar em ambientes com ar-condicionado.

Violeta

Foto: divulgação
 
A Violeta também é uma das plantas mais tradicionais para se decorar a casa. Com sua variedade de cores e composições em seus vasinhos, as violetas podem ficar em mesas, parapeito de janelas, estantes, em qualquer lugar.
Porém, para cultivá-la, você deverá cuidar para que ela fique exposta somente à luz indireta e deve também regá-la uma ou duas vezes por semana, sem molhar muito as flores e as folhas.

Fonte: valeoclique.com.br

0 comentários:

Postar um comentário