Magia de domingo: Cidades coloridas pelo mundo

9 de agosto de 2015


Becos coloridos de Burano
As cores são o que nos estimulam visualmente e trazem uma sensação diferente para cada tipo de pessoa. Que tal imergir em um passeio pelas cidades coloridas espalhadas pelo mundo? As cores nos atraem! Escolhi este post hoje, pois além de ser uma magia para os olhos, meu filho Dimitri está hoje em Santorini na Grécia (só de passagem) desfrutando um destes destinos pra lá de coloridos...

1. CHEFCHAOUEN, MARROCOS
Chefchaouen, no Marrocos, pode te causar impressão que é a cidade do Avatar ou dos Smurfs (toda azul)!
 É incontestável que quem gosta da cor azul irá se maravilhar pela cidade de Chefchaouen, mas mesmo os que apreciam outras cores, irão se apaixonar pelo ambiente e atmosfera acolhedora do local.
Cidade colorida de Chefchaouen, Marrocos (Foto: The Issaquah Press)

2. JÚZCAR, ESPANHA

Júzcar, localizada na Espanha, é uma pequena cidade de apenas 220 habitantes. A cidade que já foi totalmente branca e compunha os famosos “pueblos blancos” da Andaluzia, foi devidamente transformada em uma cidade Smurf literalmente.
Em uma estratégia de publicidade para o lançamento do filme “Smurfs 3D” na primavera de 2011, a Sony Pictures pintou o lugar todo de azul.
Cidade azul de Júzcar, Espanha  (Foto: Norwegian)

Foram utilizados cerca de 4.000 litros de tinta azul para pintar a cidade. Em dezembro de 2011, a Sony ofereceu para pintar novamente a cidade branco, contudo os cidadãos votaram para deixar os edifícios pintados de azul.

3. JODHPUR, ÍNDIA

Jodhpur é uma cidade localizada no estado do Rajastão e que merece ser visitada. A vista do alto do Forte Mehrangarh dá a proporção exata da extensão de casas azuis dominando as proximidades com sua beleza.
Jodhpur, a CIdade Azil (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)
Jodhpur tem resquícios históricos de reinados e impérios influentes, principalmente pelo extenso e imponente forte Forte Mehrangarh que era ponto de proteção da cidade contra invasões.
Alguns dizem que a razão para as casas terem essa cor eram que as famílias Brâmanes (uma das castas superiores, representando guardiões da ciência e os sacerdotes) começaram a pintar suas casas de azul, pois é uma cor que indica realeza, para distinguir-se das outras castas. Outros sugerem que a cor vem de uma lavagem de cobre e sulfato-calcário aplicado para controlar e eliminar os cupins.
 Independentemente disso, a icônica Jodhpur é agora conhecida como Cidade Azul da Índia.
Blue City indiana (Foto: haveliinnpal)

4. POPAYÁN, COLÔMBIA
Popayán ou Cidade Branca é a capital do estado (departamento, como é chamado em espanhol) de Cauca, na Colômbia.
É uma cidade que esbanja charme em suas arquiteturas coloniais pintadas de branco, principalmente na região central, onde é grande a concentração de igrejas e de estruturas belas como a Torre do Relógio.
Torre do Relógio (Foto: Carlos Felipe López Cerón)
A Cidade Branca também é conhecida por ser uma cidade universitária, pois abriga uma das universidades colombianas mais antigas e renomadas de educação superior, a Universidade de Cauca, fundada em 1827 e com 188 anos de histórias.
Além disso, os hotéis de Popayán, em sua maioria, possuem um charme requintado devido a estarem operando em edifícios coloniais e refuncionalizados.

5. WILLEMSTAD, CURAÇAO

Willemstad é a capital da ilha caribenha de Curaçao, antiga Antilhas Holandesas.
Diz a lenda que em 1800, quando os holandeses dominavam Curaçao, o então governador da colônia atribuiu as enxaquecas que o afligia aos rais de sol caribenhos que refletiam nas paredes brancas das casas.
O resultado foi um decreto oficial que forçou os moradores a pintarem suas estruturas em qualquer cor que não fosse branco.


Hoje, a região portuária e central de Willemstad são consideradas uma região Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO e deve seu colorido tom de cores diversas a uma dor de cabeça.

6. VERNAZZA, ITÁLIA

Vernazza é uma comuna (município) localizado na região de Ligúria e no estado (província) de Spezia, noroeste da Itália. É uma das cinco cidades que compõem a região mágica de encantos e belezas de Cinque Terre.

As fachadas coloridas em amarelo, rosa, salmão e outras cores, tornam o charme da cidade a beira mar ainda mais cativante.
Atualmente, a principal fonte de receitas para Vernazza vem do turismo. No entanto, a tradição secular ainda perdura com atividades de pesca, produção de vinhos e azeite que movimentam a economia local.

7. VALPARAÍSO, CHILE
Valparaíso é uma cidade portuária localizada no Chile. Ela é o centro histórico e cultural do país, pois tem uma grande variedade de museus, catedrais, igrejas e edifícios coloniais. O mais encantador da cidade é subir o funicular até o topo da colina e observar o porto e os morros coloridos da cidade.
Cerro Artilleria - Valparaiso, Chile (Foto: Kurt van Wagner)
Valparaíso, além de suas casas coloridas no Cerro Artilleria, possui diversos graffitis pintados em muros de lojas e casas, tornando-a uma obra de arte a céu aberto.
Graffiti a ceu aberto

8. SAINT JOHN´S, CANADÁ

Saint John´s é uma cidade localizada no estado de Newfoundland and Labrador, no Canadá.
É a cidade mais ao leste do Canadá e é considerada a “cidade mais antiga da América do Norte”, fundada em 1497, pelos assentamentos que deram início a colonização da América do Norte.
Atualmente, guarda traços de sua história e vive a influência da atividade da pesca que movimenta a economia local.
Saint John´ss -Newfoundland and Labrador, Canada (Foto: Tripoto)
A razão por trás dos coloridos edifícios e do trecho histórico da cidade ser chamado de Jellybean Row é que os capitães dos navios pintavam suas casas com cores de doces distintos para tornar mais fácil de ver suas casas quando estivessem em alto mar.
Colorido de Saint John´s (Foto: travelanguist)

9. MACAU, CHINA

Macau foi colonizada e administrada por Portugal por mais de 400 anos, sendo um importante ponto comercial e armazém de mercadorias. Em 20 de dezembro de 1999, após embates e revoltas históricas ocorridas décadas atrás com residentes chineses na região, um acordo foi firmado entre China e Portugal, e Macau passou a ser Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) pertencente à República Popular da China. Por esse motivo, não é considerado um país, apesar de possuir bandeira e moeda própria.
Sua rica história se mantém até os dias de hoje, visivelmente nos edifícios coloniais coloridos deixados pelos portugueses na época da colonização, e que estão até hoje presentes em seu centro histórico, o Largo do Senado.
Largo do Senado (Foto: Matheus Pinheiro de Oliveira e Silva)
Além dos coloridos edifícios históricos com arquitetura em estilo europeu, nas ruas de Macau facilmente encontram-se resquícios que remetem aos antepassados, como os azulejos com pinturas que retratam alguma passagem histórica e as igrejas católicas.
Centro histórico de Macau (Foto: besudesuabroad)
Além dos traços do passado, Macau ganha mais cor com a modernidade do presente. Macau é conhecida como a Las Vegas do oriente, pelos luxuosos e maiores cassinos do mundo.
Macau, Las Vegas no oriente (Foto: Divulgação)

10. WROCLAW, POLÔNIA

Wroclaw ou Breslávia é uma cidade polonesa bastante influente no país, possuindo muitas indústrias e instituições de ensino superior.
Rynek (praça central), cercada por prédios coloridos, é um dos destinos mais populares na cidade.
Wroclaw, Polônia (Foto: Pablo77)

11. LONGYEARBYEN, NORUEGA

Longyearbyen é a capital administrativa e econômica do arquipélago de Svalbard, localizado na Noruega.
A cidade é tão fria que os termômetros tem uma variação de temperatura de -15,2 ºC em fevereiro e 6,5 ºC em julho, mas com temperaturas mínimas que atingem -40 ºC.
Será que o povo lá come sorvete? Pelo menos gelo tem em todo lugar.

As casas coloridas, além de dar um charme no meio do branco das neves, ajuda a localizá-las.
Casas em Longyearbyen (Foto: Tyler Olson)

12. MENTON, FRANÇA

Menton é uma cidade do estado de Alpes-Maritimes, localizado na região da Provence-Alpes-Côte d’Azur, sudeste da França.
A região é conhecida como Riviera Francesa e se estende pelo litoral da França e Itália, sendo também apelidada de Pérola da França.
Riviera Francesa (Foto: eupedia)
Alguma dúvida do porque de ser chamada de Pérola da França?
Menton, França (Foto: Martin M303)

13. FIRA, GRÉCIA

Fira é a capital da ilha de Santorini, na Grécia. Cidade que possui diversas casas brancas construídas na beira dos 400 metros de altura dos morros da ilha semi-circular de Thera.
Fira, Grécia (Foto: Manuco)
As construções se mesclam entre museus, igrejas e monastérios, restaurantes e cafés e uma paisagem incrível de casas brancas e o mar visto do morro.
Fira (Foto: edal)
Vai pintar suas férias de branco e conhecer as belezas de Fira e da ilha de Santorini, na Grécia?

14. BURANO, ITÁLIA

Burano é uma ilha localizada próximo a Veneza, na Itália.
Suas casas são coloridas e seu clima veneziano com pequenos canais entre as casas tornam a cidade ainda mais bela.
Burano, Itália (Foto: Divulgação)
Os becos estreitos, marcas de cidades europeias como Roma, trazem o charme italiano juntamente as coloridas casas e estabelecimentos comerciais.
Becos coloridos de Burano (Foto: Divulgação)

15, CASTRO, CHILE
Castro é uma cidade localizada na ilha chilena de Chiloé, na Região dos Lagos.
A cidade é famosa por suas casas coloridas e construções em palafitas, feitas com madeiras tradicionais que eram comuns em muitos lugares da Ilha de Chiloé.
Castro (Foto: Divulgação)

16. JAIPUR, ÍNDIA
Jaipur é a capital e maior cidade do estado do Rajastão, na Índia.
Foi e continua sendo uma influente cidade que guarda resquícios dos antepassados. Fundada em 1728 pelo marajá Sawai Jai Singh II, transformou-se na “Cidade Rosa”, em 1876.
O motivo? Uma visita do Príncipe de Gales à cidade fez com que o marajá Singh II ordenasse a pintar a cidade de rosa para recepcioná-lo.
Portal principal (Foto: chris 9)
 Desde então a cidade é regularmente pintada.
Jawa Mahal ou Palácio do Vento em Jaipur (Foto: pixelchrome)

17. ASILAH, MARROCOS
Asilah é uma cidade localizada na costa noroeste do Marrocos.
Sua história guarda uma herança de uma cidade que serviu de entreposto comercial para os portugueses, até ser abandonada pelos mesmos. Suas muralhas representam uma cidade imponente que no passado foi de suma importância econômica para as trocas de mercadorias entre nações que vinham da Europa e faziam conexão com a África.
Asilah continua a ser protegida pelas muralhas que a defenderam durante tantos anos.
Asilah, Marrocos (Foto: Divulgação)
Possui uma arquitetura hispano-mourisca pitoresca e muito bonita, com casas brancas de portas e janelas azuis e verde.
Conhecida como a cidade dos artistas, a vida cultural de Asilah é bastante dinâmica e intensa. Existem diversas pinturas de artistas locais espalhadas pelos muros de casas e que podem ser apreciadas por toda a cidade.
Arte na parede em Asilah, Marrocos (Foto: Going to Granada)

18. COPENHAGEN, DINAMARCA
Copenhagen é a capital da Dinamarca e cidade mais influente deste país europeu.
Um traço colorido e marcante da cidade é o Nyhavn (Novo Porto), um bairro a beira-mar do século XVII, com bares, cafés e restaurantes que garantem o entretenimento nesta região da capital dinamarquesa, além do charme e o colorido.
Nyhavn em Copenhagen (Foto: Divulgação)
O lado norte do Nyhavn (números ímpares) é repleta por moradias coloridas construídas com madeira, tijolos e gesso. A casa mais antiga data do ano de 1681.
O lado sul de Nyhavn (números pares) tem mansões luxuosas, nomeadamente Charlottenborg Palace, na esquina da Kongens Nytorv.
Interessante notar o processo histórico e de desenvolvimento entre o tradicional e o moderno, entre o mais simples ao mais luxuoso, que vai do lado norte ao lado sul de Nyhavn, respectivamente.

19. REYKJAVIK, ISLÂNDIA
Reykjavik é a capital da Islândia e possivelmente um dos nomes mais difíceis de falar!
Apesar do frio e do nome difícil, a cidade possui casas coloridas e um visual belíssimo e exótico.
Reykjavik, Islândia (Foto: Divulgação)

20. RECIFE, BRASIL
Para fechar com chave de ouro a lista das cidades mais coloridas do mundo, a cidade de Recife, capital do estado de Pernambuco, é a premiada!
O bairro histórico com edifícios coloniais coloridos e charmosos conhecido como Recife Antigo marca os antepassados de influência holandesa na região.
Marco Zero - Recife Antigo (Foto: Divulgação)




Vem dançar e se divertir no mix de cores e encantos de todos estas cidades coloridas e charmosas.
Marque no seu check list de viagens algum destino desses e você vai colorir sua viagem!

Fonte: inroutes.com

0 comentários:

Postar um comentário