1. Munique – Alemanha

Local de origem e palco para a maior e mais tradicional Oktoberfest do mundo, Munique tem atrações para os apaixonados por cerveja durante o ano inteiro. Por isso, caso não seja possível visitá-la durante o festival, não há porque se decepcionar. A dica é visitar o Museu da Cerveja e da Oktoberfest, para conhecer a história desta tradicional festa e da cerveja.

2. Praga – República Tcheca

Segundo a Barth-Haas Group, empresa de produtos e serviços relacionados ao lúpulo, que é um dos principais ingredientes da cerveja, a República Tcheca é o país que mais consume cerveja no mundo todo. Além de consumir, o país é responsável pela invenção da cerveja pilsen​, o que faz do país um ótimo destino para quem quer beber cerveja. Para uma experiência completa, desembarque em Praga, onde é possível encontrar várias cervejarias, e, caso dê tempo, siga viagem para a cidade de Pilsen, para descobrir as origens do tipo de cerveja mais apreciado no Brasil. Menos de 100 km separam os dois destinos.

3. Amsterdam – Holanda

Amsterdam é um dos destinos mais badalados da Europa, atraindo especialmente a atenção de quem quer se divertir sem se preocupar com o amanhã. A cidade abriga o museu da Heineken, instalado em um prédio erguido no século 19 e que funcionou como fabricante até meados dos anos 90. Ali, você poderá degustar as diferentes bebidas da casa e participar do tour Brew You, uma experiência em 4D que faz o visitante sentir na pele como funcionam os métodos de fabricação de cerveja.

4. Bruxelas – Bélgica

A cerveja belga também é uma das mais tradicionais do mundo. Ao visitar a capital da Bélgica, você terá a chance de conhecer lugares como o Brewery Museum e o Delirium Café. O primeiro é um museu instalado no subsolo de Bruxelas, que conta a história da cerveja a partir de exposições permanentes, enquanto o segundo é o ponto de encontro para quem quer ter contato com a vida noturna animada da cidade, aproveitando a oportunidade ainda para provar diferentes tipos de cervejas.

5. Dublin – Irlanda

Uma palavra define a essência de Dublin: pubs. Alguns bares fazem parte do cenário tradicional da cidade, onde ganha destaque o famoso Temple Bar, inaugurado em 1840. Para deixar tudo ainda mais envolvente, a capital irlandesa abriga a Guinnes​s Storehouse, um museu que hoje ocupa o prédio que viu nascer a tradicional cervejaria Guinnes, há mais de 200 anos. Ao visitar este santuário da cerveja em Dublin, você receberá um copo de Guinnes e poderá encerrar o passeio admirando a cidade de um ângulo privilegiado.